VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

VC REPÓRTER - CONTRIBUA CONOSCO E ENVIE FOTOS E VÍDEOS

sábado, 2 de abril de 2016

CENTENAS DE NOVOS SOLDADOS REFORÇAM POLICIAMENTO DO ESTADO A PARTIR DE SEGUNDA-FEIRA (4)


A solenidade de formatura dos 279 novos soldados acontece nesta segunda-feira (4), no Centro de Eventos do Ceará, e conta com a presença do governador Camilo Santana.

A partir da próxima semana, o Estado do Ceará vai ganhar um reforço de mais 279 policiais militares. A solenidade de formatura dos novos soldados acontece nesta segunda-feira (4), às 9 horas, no Centro de Eventos do Ceará (CEC), e contará com a presença do governador Camilo Santana.
Os soldados recém-formados, 263 homens e 16 mulheres, passaram por sete meses de treinamento na Academia Estadual de Segurança Pública do Ceará (AESP/CE) e agora estão aptos ao policiamento ostensivo e preventivo das ruas. Durante o curso de formação, eles acompanharam aulas teóricas e práticas sobre o sistema de segurança pública no Brasil; atendimento em emergências médicas; ordem unida; tiro policial defensivo; direitos humanos; defesa pessoal; técnica policial militar e direção veicular aplicada à atividade policial militar, entre outras capacitações.
Os soldados também cumpriram 50 horas de estágio supervisionado, divididos em serviços internos na Academia e em unidades e subunidades da Polícia Militar, possibilitando conhecimento teórico e prático das ações empregadas no policiamento ostensivo geral. Todos os conteúdos trabalhados seguiram a matriz curricular da Secretaria Nacional de Segurança Pública e Defesa Social (SENASP/MJ), que prevê uma formação mais humanizada, com base nos direitos humanos e nos preceitos do estado democrático de direito, propiciando a formação de um profissional de segurança pública preocupado com as questões sociais e a resolução de conflitos.

NO CEARÁ, FUGAS DE PRESOS LEVAM SEJUS A AFASTAR DIRETORES DE PRESÍDIOS


Detentos conseguiram escapar de maneira não explicada em duas ações ocorridas em curto espaço de tempo

O diretor e o adjunto da Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima, além de dois agentes penitenciários plantonistas, foram afastados das atividades na última quinta-feira (31). A unidade prisional registrou dois episódios de fuga em circunstâncias ainda não explicadas e em curto intervalo de tempo. Na última ocorrência, escapou um homem preso por pistolagem, sequestro e diversos outros crimes considerados de alta periculosidade. Antes, detentos condenados por tráfico de drogas, homicídio, roubo e um homem supostamente ligado ao Primeiro Comando da Capital (PCC) escaparam.
A Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus) não soube informar em quais circunstâncias ocorreu a última fuga de preso daquela unidade carcerária. No último dia 21, um buraco foi encontrado no teto de uma das celas e foi descoberto que cinco presos teriam fugido. No dia anterior, um detento foi encontrado morto, com sinais de espancamento.
As seguidas ocorrências levaram a Pasta à decisão de afastar os funcionários lotados naquela unidade. Conforme a Sejus, tudo ainda está sendo investigado. A responsabilização dos diretores e agentes nas fugas da unidade prisional não foi confirmada pela Pasta.