segunda-feira, 11 de fevereiro de 2013

PM DO PIAUÍ PRENDE DUPLA CEARENSE ACUSADA DE ASSALTAR DELEGADO, MÉDICO E EMPRESÁRIOS EM PARNAÍBA.


Policiais militares da cidade de Parnaíba prenderam por volta das 22h de sábado (9) os elementos Tiago André Lima Costa, 19 anos e Tony Ivan Lima, 23 anos, ambos residentes em Fortaleza, acusados de integrarem uma quadrilha que fez vários assaltos em Parnaíba e região, dentre os quais o que teve como vítima o delegado Emerson Almeida, o empresário Luís Raimundo e o médico Samuel Abreu, ocorrido na noite do dia (8) quando os três se encontravam na companhia de outras pessoas de nomes não revelados na calçada da residência de Luís Raimundo,  próximo a Canadá Veículos na rodovia Parnaíba a Luís Correia, onde os bandidos levaram joias e dinheiro.

Os acusados foram presos na casa de um irmão de Tony Ivan, na rua Marioti Rebelo, s/n, bairro Reis Veloso. Em poder deles a polícia apreendeu um automóvel Celta de cor branca, placa de Fortaleza, cuja procedência está sendo averiguada.


Moto fan, 125cc, de cor preta e placa HYU - 0321-Fortaleza-C, em posse dos acusados. Foto: Portal do Catita

Na Central de Flagrantes, Tiago e Tony Ivan foram reconhecidos pelas vítimas do citado assalto. Uma vítima de outro assalto ocorrido às 12h de ontem (9) no bairro Planalto, o empresário Regis “da Farmacell”, reconheceu apenas Tiago como um dos autores do assalto de que foi vítima, onde levaram mais de 20 mil reais em joias.

O delegado regional de polícia, Cadena Neto disse que a quadrilha é composta por 6 elementos e que a polícia trabalha para prender o restante dos acusados e recuperar os objetos levados das vítimas nos assaltos.


Celta de placas HWZ - 4832-Fortaleza-CE, veículo usado pelo grupo.  Foto: Portal do Catita

Segundo a polícia, Tiago responde a processo no Ceará por assalto a mão armada, tráfico de drogas e porte ilegal de arma e Tony Ivan por porte ilegal de arma. Na Central de Flagrantes eles negaram suas participações nos assaltos de Parnaíba.

Fonte: Blog do Yuri Gomes

Nenhum comentário: